Circuncisão Toggle

A circuncisão masculina ajuda a proteger o homem da infecção por HIV de suas parceiras do sexo feminino. Contudo, a maioria dos HSH – Homens que fazem sexo com homens contrai o HIV através do sexo anal receptivo e, nesse caso, a circuncisão não oferece nenhuma proteção para o parceiro receptivo.

Há pesquisas que mostram que a circuncisão pode reduzir o risco do sexo anal sem proteção para o parceiro ativo. Isto acontece porque a circuncisão retira certos tipos de células da pele do prepúcio, podendo proporcionar uma via para o HIV entrar no corpo. Quando o homem HIV-negativo é ativo no sexo anal, o risco é reduzido em cerca de seis vezes se ele é circuncidado. No entanto, ser circuncidado não oferece proteção completa para um homem HIV-negativo quando ele penetra um homem HIV-positivo. O risco é reduzido, mas não é eliminado.

ShutDown
A hora é agora Certisign Universidade Federal do Paraná Grupo Dignidade Unaids PepFar Prefeitura de Curitiba Fiocruz Ministério da Saúde Image Map